quinta-feira, 4 de agosto de 2011

AO SOM DO MAR E DO VENTO ----- LETRA E ACORDES

AO SOM DO MAR E DO VENTO



A                                              D

COM TODO ESTE SENTIMENTO

B7                                      Em7

AO SOM DO MAR E DO VENTO

A                                              D     G Em D A

AO SOM DO VENTO E DO MAR

D                                           A

CARREGADOS DE UMA BANDA

D    A

E TÃO POUCO DA OUTRA

D                                           A

TÃO BOIANTES DAQUELA

D   A

DESENGONÇADOS  NA ROTA

D                                           A

PENETRANDO A GRANDEZA

Bm7   A

DOS OCEANOS DAS ILHAS

D                                        A

SERVIA A QUILHA DE COSTADO

D    G Em D C

E O COSTADO DE QUILHA

C

VENTOU-NOS O VENTO VENTOU

Dm

POR MIL INVENÇÕES E MANEIRAS

G#7                                                                                 C#m7        A A7

ONDAS E ÁGUAS PELO AR EM BORRISCADAS E CHUVEIROS

D                                              C#7

E NO CORPO DA NAU DE RASTOS

F#m7

NA TOLDA NOS MASTARÉUS

F#m7

E ATÉ POR FORA DO CASCO

A                          Bb07                              D                  G Em D A D

JÁ TUDO SÃO FOLIAS PANDEIROS E ZOMBARIAS



VÃO EM NOSSA COMPANHIA

EM GRANDES FESTAS MULTICORES

MUITAS AVES MARISCANDO

E MUITOS PEIXES VOADORES

UMA TURBA DE BALEIAS EM BAILES BORRIFOS SÃO ELAS

ROMPENDO NESTE MAR DE ROSAS

MANCHAS DE OVAS DE AGUARELAS

VÊM ATÉ NÓS DAQUELES CÉUS INFINITAS ANDORINHAS

QUE NO SABOR NINGUEM SABIA SE ERAM CARNES OU SARDINHAS

SEM STº ANTÓNIO QUE OS DOUTRINE HÁ PEIXES FEROS TÃO DANADOS

FRUSCOS E MAL ENCARADOS

MAS TUDO SÃO FOLIAS PANDEIROS E ZOMBARIAS



Bm7                                         F#7/Bb  Bm7

CONTEMPLANDO DOS CHAPITÉUS

A7                                  D7+

O MOVIMENTO DOS CÉUS

D7                                           Em7

E CARTEANDO O SOL TÃO BEM

Bb7                           Ebm7

MEU BEM EU CIRCUNDO

F07                                Bb7                   Ebm7/F#

NAS DERRADEIRAS PARTES DO MUNDO

Eb7/G                                           G#m9

SÓ PRA TE ABRAÇAR E BEIJAR

B7                           E

COM TODO ESTE SENTIMENTO

C#7                                    F#m7

DO SOM DO MAR E DO VENTO

B7                                                 E   A D G Em D A

AO SOM DO VENTO E DO MAR



AGUENTA O BARCO ALTOS MARES

CONVOCADOS PELOS VENTOS

COM QUE ARFAVA E METIA

MUITO PELO BARLAVENTO

SENÃO QUANDO UM MARINHEIRO

AOS SALTOS PELO DESCONJUNTO

GRITOU ANTES QUE SE DAVA JÁ

ANTES DE MAIS COMO DEFUNTO

E APONTA A ONDA

QUE DE MUITO LONGE CHEGA LEVANTADA

SOBRE ELA VINHAM FOLIANDO

VULTOS NEGROS EM MANADA

MAS PASSA O MAU E O DESDITOSO

TUDO SE ESQUECE ACABOU-SE

O QUE FOI PASSADO PASSOU-SE

E TUDO SÃO FOLIAS PANDEIROS E ZOMBARIAS

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Lusitana

a entrada do tema é sempre (travessão no 2º ponto)   D e A7  mas o truque está no baxo da guitarra que faz sempre  (o baixo) D C#  B  A + Bb B C# D x3 à 4x  faz D C# B A +Bb B Bb   e acorde de D a voz entra ainda com o baixo em Bb  (A7/Bb) e enquanto é cantada o esquema do  baixo mantem-se ao mesmo tempo que cantas
Lusitana
Letra e Música: Fausto Bordalo Dias
A7 /Bb              D            
doce e salgada
                   A7
ó minha amada
                   D    A7
ó minha ideia
                               D
faz-me grego e romano
                       A7
tu gingas à africano
                 D
como a sereia
               A7
ó bailarina
             Bm7
ó columbina
                          A7
és a nossa predilecta
                               D
de prosadores e poetas
                 A7                       D
dos visionários dos visionarios
                               A7
quem te vê ama de vez
                                  D
nómadas e sedentários
                A7
ó pátria lusa
                Bm7
ó minha musa
A/C#                      D    (esquema em re e la7  com os baixos)
o teu génio é português
doce e salgada
ó minha amada
das epopeias
tu és toda em latim
e a mais mulata sim
das europeias
ó bailarina
ó columbina
do profano matrimónio
“nas andanças do demónio”
bela e roliça
dança a chula requebrada
a minha canção é mestiça
ó pátria lusa
ó minha musa
o teu génio é português
Am                                G7+
teu génio meigo e profundo
F# 9 /C#                          Bm
é deste tamanho do mundo
Eb07                     C7+/G
 sentimental como eu
                           B7
 dois corações pagãos
                                Em7
são de apolo e de orfeu
       C#7                  F#m7
guarda-nos bem fraternais
                                A7
no teu chão no teu colo
A7/B                    D
de sonhos universais
                             E
és o nosso almirante
                            Em7
terna mãe de crioulos
                                        A7
cuida da nossa alma errante
                A/B                   D
nós só queremos teu consolo

A CHUSMA SALVA-SE ASSIM - LETRA COM ACORDES

                                               A CHUSMA SALVA-SE -SE ASSIM Intro: 2/4 || Bm| Bm| Bm A |D7+|F#m D7+|F#m D7+|F#m Em| ...